Justiça prorroga prisão de homem que matou a ex-mulher a facadas dentro de carro em Piracicaba, SP

Carolina Dini Jorge, de 41 anos, foi morta ao chegar para buscar a filha do casal na escola; segundo a polícia, Anderson dos Santos Andrade, de 39 anos, diz que cometeu o crime por ser impedido de ver a criança.

A Justiça de Piracicaba (SP) converteu em preventiva a prisão de Anderson dos Santos Andrade, de 39 anos, que matou a ex-mulher a facadas, dentro de um carro, em Piracicaba (SP), no dia 24 de março. A vítima foi atacada quando chegava para buscar a filha do casal na escola e Anderson diz que cometeu o crime por ser impedido de vê-la, segundo a Polícia Civil.

Ele foi preso no dia 30 de março, em regime temporário, por 30 dias. Com a nova decisão, ele permanece na prisão até novos andamentos do processo. “O acusado está envolvido na prática de delito de homicídio qualificado, consumado, contra mulher, esposa, que detinha medida protetiva de afastamento do lar, delito este que afronta a sociedade ordeira, pela destacada gravidade, pois aos agentes ativos, que neles se envolvem, revelam possuir, em regra, personalidade violenta e extrema periculosidade”, justifica Luiz Antonio Cunha, da Vara do Júri e Execuções, ao decidir pela prisão preventiva.

O magistrado também cita que Anderson fugiu após o crime e suposta ameaça de morte ao próprio filho. “Os indícios de que houve por parte do acusado de desrespeito a medidas protetivas em favor da vítima, que não se importa com as medidas judiciais, há, portanto, necessidade de se garantira ordem pública, tal como os indicativos de eventual ameaça de morte que teria proferido ao seu próprio filho, ora testemunha no feito”, acrescenta.

Leia também: 

Entenda o caso

O crime aconteceu por volta de 16h15 do dia 24 de março. Segundo a polícia, Carolina tinha ido buscar a filha de 10 anos em uma escola e, logo após estacionar a poucos metros da unidade, ela foi atacada quando saía do carro.

Um vídeo registrado por uma câmera de segurança mostra o momento em que Carolina é cercada pelo suspeito. As imagens foram feitas pelo circuito de segurança de um prédio que fica próximo ao local do crime. Elas mostram que o ex-marido preparou uma emboscada pra vítima.

O vídeo registra a vítima estacionando um carro cinza e, em seguida, ela abre a porta. O ex-marido espera do outro lado da rua e assim que ela desce, ele parte pro ataque. A mulher volta rápido, tenta se trancar no veículo, mas ele consegue abrir a porta violentamente.

Do lado de fora algumas pessoas olham a cena assustadas. Poucos segundo depois, a porta do banco do passageiro se abre, mas ninguém sai e ela é fechada novamente. Caroline foi assassinada lá dentro.

Na sequência da imagem, o homem deixa o veículo da vítima de forma rápida e vai até o carro dele que está estacionado um pouco mais à frente. De acordo com a polícia, esse foi o momento que ele fugiu depois do crime.

O Samu foi acionado, mas quando chegou ao local, Carolina já estava sem vida. As imagens estão com os investigadores da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Piracicaba.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP