Laboratório de inovação tecnológica de ararense inspira cidade do Ceará

Secretário Municipal de Educação de Cascavel visitou instalações do FabLab na última quinta-feira (23); reforma no prédio está em fase final.

A Prefeitura Municipal de Araras (SP) está implantando um projeto pioneiro, que já vem atraindo gestores de outras cidades e serve como modelo na área da educação. O Fablab, um laboratório de inovação tecnológica e fabricação digital, funcionará em imóvel vizinho à Secretaria Municipal da Educação, na Avenida Senador César Lacerda de Vergueiro, no Centro.

O prédio alugado pela administração municipal, após processo de chamamento público, passou por reformas feitas pelo proprietário, atendendo recomendações da Secretaria da Educação. As obras estão em fase final e o imóvel será entregue ao município nos próximos dias.

clique na imagem e saiba mais

Na última quinta-feira (23) o secretário municipal de educação, Bruno Roza, visitou o local na companhia do secretário municipal de educação Cleiton Pereira da Silva, de Cascavel/CE, que veio conhecer o projeto. “O FabLab é o que a gente aprecia e sonha para ser implementado em nosso município. Uma experiência inovadora, aliada ao processo de aprendizagem e de inclusão ao universo digital e tecnológico. Araras caminha na frente”, declarou Cleiton.

Em Araras, o FabLab vai oferecer tecnologia de ponta aos alunos da rede municipal de ensino, estudantes do 5° ao 9° ano. Demais munícipes também poderão usufruir das instalações no Open Day, dias em que o espaço estará aberto para alunos de outras escolas e de universidades, além de profissionais de diversas áreas, para a realização de projetos particulares. Essa utilização obedecerá à tabela de preços públicos e esses recursos do Open Day serão convertidos em novos materiais para o próprio FabLab.

O local permitirá a elaboração de projetos na área de robótica e oferecerá materiais para a produção digital de objetos, com ferramentas controladas por computadores. Estarão á disposição impressoras 3D, cortadoras a laser, máquinas para prototipagem, corte em vinil, routers, entre outros. “O objetivo é oferecer recursos, equipamentos que revolucionam a criatividade dos alunos, incentivando a resolução de problemas e o protagonismo desses jovens.”, ressaltou o secretário Bruno Roza.

O FabLab de Araras também vai disponibilizar espaços para coworking e, para isso, está em andamento um projeto em conjunto com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico. Os professores da rede municipal, interessados em trabalhar no FabLab, participarão de processo seletivo e, posteriormente, por cursos de formação específica. Também já está em andamento o processo de licitação para a compra dos equipamentos que serão utilizados.

Embora não haja uma data definida para o retorno das aulas da rede municipal de ensino, por conta da pandemia do novo coronavírus, o objetivo é estar com o local pronto para funcionar ainda em 2020. Araras será uma das poucas cidades do Estado de São Paulo a oferecer um FabLab municipal – o projeto já existe em escolas particulares, unidades do sistema S (Sesi, Senai e Senac) e instituições voltadas à tecnologia.

 

Tecnologia em rede mundial

De caráter colaborativo, o Fablab faz parte da rede mundial criada pelo MIT (Massachusetts Institute of Technology), e o espaço de Araras também será credenciado junto ao Instituto, possibilitando inclusive o acesso ao banco de projetos mundiais da rede e web conferência para troca de informações entre os usuários. São mais de 1750 laboratórios como esse, espalhados pelo mundo.

O projeto começou a ser elaborado em 2019 pela equipe da Secretaria de Educação, após visita à feira Bett Brasil Educar, a maior em inovação tecnológica da América Latina. O FabLab, conta com investimentos do Governo Federal, por meio da Qese (Quota Estadual de Salário Educação).