Licitação de zona azul tem apenas dois participantes e mesmo assim é suspensa

A vontade da Prefeitura em resolver logo a situação dos estacionamentos rotativos em Araras vai perdurar ainda mais, já que na última terça-feira (20), data que era prevista para o encerramento da licitação que envolve a escolha da empresa que disponibilizará o software para o funcionamento da zona azul, acabou sendo suspensa e prorrogada, pois uma das duas empresas participantes não apresentou todos os documentos necessários para prosseguir com o processo licitatório.

LICITAÇÃO ENVOLVENDO AS DUAS EMPRESAS ACONTECEU NA TARDE DE ONTEM NA PREFEITURA

A licitação poderia ter sido encerrada ontem caso uma das empresas tivesse vencido e cumprido o requisito imposto pelo edital, porém, a empresa Alan Branco, da cidade de Joinville/SC, não cumpriu um dos requisitos propostos na licitação e com isso houve a falta de documentação. Já a empresa concorrente, a AreaTec, de Araras inclusive, estava okay com relação à licitação.

clique na imagem e saiba mais

Segundo a Prefeitura, a empresa Alan Branco tem agora cinco dias para recorrer, o que pode levar todo o processo licitatório a perdurar por cerca de 30 a 60 dias. No entanto, nenhuma outra nova empresa poderá entrar na disputa durante este período.

A empresa Alan Branco é responsável pelo sistema Estacionamento Digital, que atende 15 cidades espalhadas pelo País e se titula como robusta e completa solução para operação de estacionamento rotativo, administrar a Zona Azul independente do modelo definido pelo poder concedente, operar com tickets, parquímetros, cartões (raspadinha, talões, rádio frequência) e, principalmente, fornece a seus usuários uma nova forma de uso através da internet e celular que realmente funciona.

Já a empresa de Araras, a AreaTec, está concorrendo com o sistema digital Digipare, que envolve soluções modernas e práticas, softwares digitais operados principalmente por smartphones.

Fonte: Jornal Opinião