Limeirense que matou mulher na frente da filha aparece morto em penitenciária de Tremembé, SP

Ele foi encontrado pendurado em um lençol, preso a um cano de água.

Preso, por força de prisão preventiva, desde o dia 16 de maio, após matar a companheira Sâmara Schultz Cândido, 35 anos, com pelo menos três facadas, o operador de máquinas Feliciano Rodrigues Cândido Neto, de 36 anos, foi encontrado morto na tarde desta sexta-feira (4), dentro da sala em que estava preso, na penitenciária 2 de Tremembé.

O crime contra a própria esposa aconteceu dentro da casa do casal, no Jardim Boa Esperança. A filha deles assistiu a morte da mãe. Na cadeia , o autor do segundo feminicídio do ano em Limeira foi encontrado com um lençol preso ao pescoço, pendurado em um cano d’água.

Segundo o registro do caso no plantão policial de Taubaté, um agente penitenciário chegou a dizer que Feliciano manteve a rotina normal, no período da manhã, não apresentando “nenhum desvio de comportamento”. Porém, ao servir o café da tarde, encontrou o corpo do operador de máquina suspenso. Para mais detalhes sobre o caso acesse: www.elimeira.com.br.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT