Livro “Um Sonho no Caroço do Abacate” é lançado em formatos acessíveis

Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência possui mais de 10 obras em libras, legenda, áudio, imagem e leitura simples.

Na última quarta-feira (9) a Secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Célia Leão, lançou o livro “Um sonho no Caroço do Abacate”, de Moacyr Scliar, em formato acessível contendo libras, legenda, áudio, imagem e leitura simples.

A ação faz parte do programa estadual “Livros Acessíveis”, que é uma parceria entre a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência e a ONG Mais Diferenças, com o apoio do Centro de Tecnologia e Inovação (CTI).

“Este é um projeto 100% acessível, que faz com que as pessoas com deficiência, sejam elas com deficiência visual, intelectual, física ou auditiva, tenha a oportunidade de ter acesso a uma obra literária”, afirmou a Secretária Célia Leão.

Ela também ressaltou a importância do programa, “temos que ter em mente que uma obra literária pode e deve ser acessada por todas as pessoas, com e sem deficiência. Como quer o Governador João Doria, estamos realizando essa iniciativa que proporciona uma experiência únicas às pessoas com deficiência. Além da acessibilidade dos livros, é uma iniciativa que levanta reuniões e oficinas, para que professores disseminem essas práticas acessíveis”.

Por meio de live transmitida nas redes sociais da Secretaria (PessoaComDeficienciaSP), o evento online alcançou mais de 1,1 mil espectadores e contou com a presença do Secretário de Estado Sergio Sá Leitão (Cultura), da Coordenadora Geral da ONG Mais Diferenças, Carla Mauch, do professor de Libras e consultor da Mais Diferenças Danilo Santos e do intérprete de Libras Edilson Andrade.

“É uma honra participar deste lançamento, com um projeto maravilhoso que materializa um dos principais objetivos de política pública na cultura que é o acesso a bens, serviços e experiências culturais a todos, possibilitando uma experiência impactante às pessoas com deficiência”, afirmou o Secretário Sérgio Sá Leitão.

Com o objetivo de proporcionar o acesso de pessoas com deficiência ao mundo da literatura, a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência já disponibiliza em seu site 13 obras literárias acessíveis. São elas: “Uma Nova Amiga”, de Lia Crespo; “Serei Sereia?”, de Kely de Castro; “O Discurso do Urso”, de Julio Cortázar; “O Menino no Espelho”, de Fernando Sabino; “A Bolsa Amarela”, de Lygia Bojunga; “Frritt Flacc”, de Júlio Verne; “Bem do seu Tamanho,” de Ana Maria Machado; “Sei por Ouvir Dizer”, de Bartolomeu Campos de Queirós e Suppa; “Volta ao Mundo em 80 Dias”, de Júlio Verne; “Peter Pan”, de J. M. Barrie; “As Cores no Mundo de Lúcia”, de Jorge Fernando dos Santos; “O Menino Azul”, de Cecília Meireles e Lúcia Hiratsuka; “Kafka e a Boneca Viajante”, de Jordi Sierra I. Fabra.

As obras, que podem ser acessadas no site https://www.pessoacomdeficiencia.sp.gov.br/livros-acessiveis/ , contribuem com a equiparação de oportunidades e o fortalecimento das políticas, programas e projetos relativos aos direitos das pessoas com deficiência, com ênfase no acesso ao livro e à leitura, introduzindo a questão da acessibilidade e inclusão, de forma articulada e transversal.

Livros acessíveis

O programa da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência em parceria com a ONG Mais Diferenças e apoio do Centro de Tecnologia e Inovação (CTI), garante o acesso de todas as pessoas aos livros acessíveis, que possuem diversos recursos de acessibilidade, como narração e texto em português, audiodescrição e animação das imagens, tradução e interpretação em Libras e leitura fácil – que traz adequações em relação à linguagem, conteúdo e forma para ampliar a compreensão.

A iniciativa prevê ainda a realização de oficinas de formação e sensibilização de profissionais da educação, cultura, assistência social, bibliotecários, mediadores de leitura e outros profissionais interessados às práticas acessíveis e inclusivas voltadas à leitura.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT