Losartana: Anvisa se pronuncia sobre recolhimento do medicamento

A Anvisa explica ainda que nem todos os produtos com Losartana de todas as marcas possuem o risco.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) emitiu um comunicado na última segunda-feira (14), sobre o recolhimento de unidades de medicamentos com o princípio ativo Losartana. O órgão esclarece que, até o momento, todas as iniciativas para suspender a venda dos produtos foram feitas de forma voluntária e preventiva pelas próprias farmacêuticas já que, segundo a Anvisa, ainda não há evidências de que as impurezas encontradas nos produtos tenham causado danos à saúde.

Apesar disso, a Agência disse que notificou os detentores de registro desses medicamentos para avaliar a potencial existência dessa impureza em seus produtos.  Segundo o órgão, a agência reguladora de medicamentos da Europa, EDQM, publicou uma investigação recente que havia demonstrado que a impureza “azido”, identificada em algumas amostras pertencentes à classe das losartanas, possui potencial mutagênico, o que pode acarretar em alterações no DNA e até mesmo causar câncer. No entanto, não foram encontrados pacientes que tiveram esses problemas.

A Anvisa explica ainda que nem todos os produtos com Losartana de todas as marcas possuem o risco. “Até o momento, os recolhimentos publicados são uma medida de precaução iniciada pelas próprias empresas, pois não existem dados para sugerir que o produto que contém a impureza causou uma mudança na frequência ou natureza dos eventos adversos relacionados a cânceres, anomalias congênitas ou distúrbios de fertilidade. Assim, não há risco imediato em relação ao uso dessa medicação”, disse a Anvisa.

A recomendação é de que quem utiliza o Losartana não deve interromper o tratamento. Segundo a farmacêutica Sanofi Medley, que está recolhendo o produto no Brasil, parar o uso pode trazer riscos para o paciente. Então, nesse caso é preciso procurar um médico para avaliar a situação. A Sociedade Brasileira de Cardiologia disse em nota que “não foram relatados problemas semelhantes em outros medicamentos pertencentes à classe de bloqueadores dos receptores de angiotensina em nosso país, ou mesmo de losartana em monoterapia ou combinação por outras indústrias farmacêuticas”.

Serão recolhidos os seguintes remédios com Losartana da Sanofi Medley:  

  • Valtrian® HCT (losartana potássica + hidroclorotiazida) 50mg + 12,5mg 
  • Valtrian® 50mg 
  • 100mg (losartana potássica) comprimidos 

 

Pacientes que tiverem qualquer medicamento com Losartana em casa devem entrar em contato com o SAC da Medley por meio do telefone 0800-703-0014 (segunda a sexta-feira, das 08h00 às 18h00) para que um representante da empresa faça a coleta. 

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP