Mãe e filha mortas após muro desabar serão enterradas em Brotas, SP

Ananete Silva Santos, de 55 anos, e Amanda da Silva Santos, de 26, foram atingidas na tarde de quarta-feira (18).

Mãe e filha que morreram após um muro desabar na quarta-feira (18) foram enterradas ma tarde desta quinta-feira (19) no município de Brotas (SP). Ananete Silva Santos, de 55 anos, morreu no local do acidente, já Amanda da Silva Santos, de 26 anos, que morreu na Santa Casa de Jaú, ainda não foi liberado pelo IML da cidade.

O acidente

O acidente aconteceu na Avenida Mario Pinotti, no Centro. Mãe e filha tinham acabado de sair de uma loja e passavam pela calçada quando o muro desabou, por volta das 17h30. Os destroços do muro que cercava um terreno também atingiram um carro que estava estacionado no local.

clique na imagem e saiba mais

O coordenador da Defesa Civil, Júlio Lourenção Neto, disse que, embora o muro tivesse cerca de 60 anos, não apresentava indício de risco. “Uma chuva muito forte em um período curto de tempo. O acúmulo de água na parte superior fez com que ele ruísse”, disse.

Segundo a Defesa Civil, choveu cerca de 70 milímetros em 45 minutos. A chuva também causou a queda de uma árvore. Foi o segundo dia de fortes chuvas na cidade. Na terça-feira (17), choveu 87,5 mm e houve o desabamento de outro muro, além da queda três árvores.