Mãe e recém-nascido morreram ao voltar para casa após parto

PUBLICIDADE

O corpo do bebê ainda não foi localizado pelo Corpo de Bombeiros.

Francidalva Ferreira, uma das vítimas do trágico acidente na PI-140 que matou oito pessoas e feriu cinco, havia dado à luz há poucos dias no Hospital Regional Tibério Nunes, em Floriano. No momento da colisão, ela retornava com o filho recém-nascido para Itaueira, cidade onde residia. A informação foi divulgada ao g1 pela administração do hospital de Itaueira neste domingo (10).

A mulher deu entrada no hospital na quinta-feira (7) e logo foi transferida para o Tibério Nunes, onde aconteceu o parto. Conforme a administração da unidade de saúde de Itaueira, um carro da prefeitura do município foi enviado para Floriano para buscá-la, pois não havia a necessidade de a mulher e o bebê serem transportados em uma ambulância.

PUBLICIDADE

“O Hospital de Floriano está sempre em contato conosco para informar sobre a alta dos pacientes para ter uma rotatividade nos leitos. Nesses momentos de felicidade, a pessoa quer voltar para casa o quanto antes e, por este motivo, foi enviado o carro”, declarou a administração do hospital de Itaueira.

Na volta para casa, ocorreu a colisão entre o veículo da prefeitura e outros dois carros no KM 56 da PI-140, próximo ao povoado Estocado. O carro da prefeitura e outro automóvel pegaram fogo após a batida. Francidalva, o recém-nascido e o motorista Haroldo Carvalho da Silva morreram carbonizados. Contudo, o corpo do bebê ainda não foi localizado pelo Corpo de Bombeiros.

Já o pai do bebê, uma criança e outra acompanhante de Francidalva, que também estavam no automóvel, foram socorridos com vida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhados para o Hospital Tibério Nunes. Não há informações sobre o estado de saúde deles.

PUBLICIDADE
CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP