Maiores de 50 anos poderão tomar quarta dose de vacina contra a Covid, anuncia ministro da Saúde

PUBLICIDADE

Ampliação do grupo elegível para o segundo reforço ocorre no momento em que o Brasil registra alta de internações e óbitos.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou nesta quinta-feira (2) que a população acima de 50 anos poderá receber em breve o segundo reforço da vacina contra a Covid-19. 

“Mais de 50 milhões de brasileiros já receberam a primeira dose de reforço e já avançamos na segunda dose de reforço. Planejamos aplicar a segunda dose de reforço em todos aqueles acima de 50 anos”, disse o ministro durante um evento em Brasília.

PUBLICIDADE

O anúncio ocorre no momento em que o Brasil enfrenta uma alta de novos casos de Covid-19, muitos deles subnotificados, acompanhada do crescimento de internações e também de mortes. 

O Ministério da Saúde autorizou em março a aplicação da quarta dose em idosos acima de 80 anos. Na ocasião, indivíduos com imunossupressão também podiam tomar o chamado segundo reforço. 

Alguns estados expandiram a vacinação para todos os idosos com 60 anos ou mais. Espera-se que o ministério siga o mesmo intervalo de tempo adotado entre os reforços anteriores: quatro meses. Na semana passada, a pasta autorizou também a aplicação do reforço em adolescentes de 12 a 17 anos

PUBLICIDADE
CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP