Mais de 3 mil litros de bebidas alcoólicas foram apreendidos em ‘fábrica’ de falsificação, diz PM

Quatro pessoas foram presas em Jundiaí; casa onde fábrica funcionava contava com sistema de isolamento acústico. Flagrantes foram feitos em três imóveis.

Mais de três mil litros de bebidas alcoólicas falsificadas foram encontrados nesta quarta-feira (14) em uma fábrica clandestina que funcionava dentro de uma casa em Jundiaí (SP). 

Máquinas de produção também foram encontradas no local, que contava com um sistema de isolamento acústico. Quatro pessoas foram presas em flagrante. Segundo o tenente da PM Daniel Valério Pasqualotto, equipe chegou até o local após encontrar um homem agindo de forma suspeita em Campinas.

Ele foi abordado na frente de uma casa que também funcionava como fábrica de bebidas falsificadas. No local, os policiais encontraram um idoso de 70 anos que, de acordo com os policiais, admitiu o crime. Dentro do imóvel havia barris da bebida adulterada, máquinas para envasar garrafas e prensas que fabricavam rótulos de marcas famosas.

Ainda de acordo com a corporação, o idoso, sua esposa e o filho foram detidos. Eles disseram à polícia que as bebidas eram vendidas no centro de São Paulo. Além daquele imóvel, foram apreendidas mais bebidas adulteradas em outra casa.

Com novas informações passadas pelo primeiro preso, os policiais viajaram para Jundiaí, onde encontraram uma casa que armazenava dezenas de caixas e galões com bebidas manipuladas com álcool etílico.

Ainda de acordo com a polícia, quatro pessoas que estavam no imóvel foram presas em flagrante. O caso foi apresentado no 2º DP de Jundiaí e na Delegacia Seccional de Campinas.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT