Mais de 50 cachorros ficam sem lar após donos morrerem de Covid-19 em Rio Claro, SP

Animais estão sob os cuidados de protetores da cidade que realizam uma campanha de adoção para encontrarem uma nova casa para os cães.

Mais de 50 cachorros ficaram sozinhos depois que os donos deles, um casal de Rio Claro (SP), morreu em decorrência da Covid-19. Os cães estão na mesma casa, no Jardim Independência, e aguardam por adoção. Todos eles estão sob os cuidados dos protetores de animais da cidade.

Da internação a morte dos donos, no final do mês de março, os cães foram cuidados e alimentados pela filha do casal, que também positivou para a doença. No entanto, como eram muitos, após o período de isolamento, os protetores da causa animal se uniram para realizar uma campanha de adoção dos cães, já que o imóvel onde eles estão é alugado e a casa precisa ser devolvida ao proprietário.

Segundo a advogada e voluntária Giselle Pfeifer, os animais são vira-latas. Dos 68 cachorros deixados pelo casal, 15 já foram adotados. “Com a campanha, nós ganhamos muita ração e produto de limpeza. Todos os animais estão fazendo hemograma e recebendo os remédios para carrapatos. Hoje mesmo fizemos um mutirão, com três veterinários, para colher os exames dos animais”, explicou.

Adoção

Com ajuda das redes sociais, Giselle e outras dezenas de protetores da causa animal realizam uma campanha de adoção para que os cães encontrem um lar. “A gente posta as fotos nas redes sociais para divulgar.”, disse.

Os interessados em adotar um animal devem entrar em contato as protetoras Amanda e Giselle que estão cuidando do processo de adoção pelos telefones: (19) 99963-7511 ou (19) 98161-6373. 

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT