Memorial da América Latina retoma clube de leitura com o tema “Mulheres contam”

‘Ler a América Latina’ tem início no próximo dia 13 de março.

O Memorial da América Latina reiniciará o Clube de Leitura Ler a América Latina. Neste ano, o tema será “Mulheres contam” e a edição terá uma novidade: a participação das autoras. A cada encontro, as escritoras falarão sobre os seus trabalhos e, na sequência, haverá uma roda de conversa virtual. O primeiro evento deste ano acontece no próximo dia 13 de março, às 14h, com a escritora boliviana Giovanna Rivero.

Com objetivo de fomentar a leitura e a discussão sobre literatura latino-americana, o clube terá quatro encontros neste primeiro semestre, sempre aos sábados, com curadoria do CBEAL e das editoras convidadas, por meio da plataforma Zoom, das 10h às 11h30, com exceção da primeira conversa, que acontecerá às 14h. Todos os contos selecionados para o projeto estarão disponíveis para download.

No primeiro encontro, Giovanna Rivero apresentará o conto “Peixe, tartaruga, urubu” e também fará o lançamento do livro Terra fresca da sua tumba. A publicação em português marca a estreia da autora no Brasil, numa parceria entre as editoras Incompleta e Jandaíra. A edição já foi lançada na Argentina, Bolívia e Espanha. Alguns contos foram traduzidos para o italiano e incluídos em Ricomporre amorevoli Scheletri.

No dia 10 de abril, será a vez da autora Gabriela Aguerre (Uruguai-Brasil) falar sobre seu conto “Once upon in a blue moon”, publicado na revista ‘Puñado 6-B’ em 2019. Em maio (15), a conversa será com Monique Malcher (Brasil) sobre o conto “Suas sandálias me cabem?”. O último encontro apresenta os três minicontos “Jogo da Velha”, “Casinha” e “Coelho sai da toca”, de Ana Brêtas (Brasil), inspirados em brincadeiras infantis tradicionais.

O link para acessar a plataforma será enviado aos participantes por e-mail 15 minutos antes de cada encontro. Haverá emissão de certificado (frequência mínima de 75%). As inscrições devem ser feitas por meio de formulário online, no link https://bit.ly/3b88gbN .

A atividade também está relacionada com a Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU), que prevê 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), especificamente  ao Objetivo 4: ““Assegurar a educação inclusiva, equitativa e de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos” (https://nacoesunidas.org/pos2015/agenda2030/).

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT