Menina de 3 anos fã da Guarda Civil Municipal é surpreendida com festa de aniversário temática e ganha farda

Após descobrir que um guarda municipal salvou a avó, Maria Sophia passou a enxergar os oficiais da GCM como heróis. Festa teve bolo em homenagem ao batalhão.

Enquanto a maioria das crianças espera por aniversários com super-heróis, princesas e personagens animados, uma garotinha de Boituva (SP) surpreendeu os pais ao pedir a festa de três aninhos com a temática da Guarda Civil Municipal.

Maria Sophia de Oliveira Antunes enxerga nos oficiais da GCM de Boituva os verdadeiros heróis. De acordo com o pai, Elielton Antunes, a admiração começou após a menina descobrir que os agentes teriam o ajudado a socorrer sua avó. “Minha mãe tinha câncer e, certa vez, passou mal. Um guarda municipal me ajudou a socorrê-la e me apoiou. Eu contei essa história e ela pegou amor”, comentou o pai da Maria Sophia.

Desde então, Maria não pode ver uma viatura na rua que quer ir até eles para cumprimentá-los. “Ela vê as viaturas passando e dá tchau”, conta Elielton.

Maria Sophia completou três anos no dia 5 de fevereiro e a família decidiu comemorar em uma reunião íntima no dia 20. Ao perguntar sobre qual seria a decoração desejada, a garota teria surpreendido Elielton e sua esposa com o pedido. “Quando ela respondeu Guarda Civil, achei meio estranho, mas depois vimos o quanto ela gosta e fizemos a festinha”, explica.

A família entrou em contato com o Comandante da Guarda Civil Municipal de Boituva, que enviou oficiais e uma viatura para visitarem a casa da família, cumprindo as medidas em relação à Covid-19.

Segundo o pai da criança, os agentes mantiveram o uso de máscaras e a própria aniversariante retirou o item de proteção apenas para o registro das fotos. O Comandante da Guarda Civil Municipal de Boituva, Leonardo Araújo da Silva, conta que se emocionou com o convite. “Era para fazermos uma surpresa, mas fomos nós que nos surpreendemos pelo carinho da Maria”, comenta.

O pai da garota ainda explica que, para alegrá-la, mandou fazer uma decoração inspirada nas cores da GCM e até encomendou uma farda no tamanho da menina de uma costureira. O bolo também é uma homenagem ao batalhão.

Ainda de acordo com Elielton, o ponto alto da festa foi o momento em que a pequena tirou fotos na viatura da GCM. “Graças a Deus consegui realizar o sonho da minha filha. Hoje, ela tem apenas três anos, mas já diz que vai fazer parte da GCM quando crescer”, comenta.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT