Menino de 4 anos morre na Santa Casa após ingerir produto ácido no interior de SP

De acordo com a Polícia Civil, produto foi esquecido pelo pai da criança em cima de uma pia e estava em uma garrafa pet de refrigerante. Inquérito policial vai investigar o caso.

Um menino, de 4 anos, morreu na Santa Casa de Misericórdia de Osvaldo Cruz, que fica na região de Presidente Prudente (SP), depois de ingerir acidentalmente produto ácido neste sábado (9).

De acordo com informações da Polícia Civil, o incidente foi em uma fazenda na cidade de Guararapes, localizada na região de Araçatuba. No entanto, a polícia explicou que a criança foi socorrida inicialmente ao Pronto-socorro de Salmourão, município que fica próximo da fazenda e que integra a região de Presidente Prudente, mas por falta de recursos médicos, o menino acabou sendo transferido para a Santa de Osvaldo Cruz, onde não resistiu e morreu.

A Polícia Civil ainda informou  que o produto ácido foi esquecido pelo pai da criança em cima de uma pia e, acidentalmente, foi ingerido pelo menino. A criança, segundo a polícia, começou a passar mal logo depois de ingerir o produto que é usado na plantação de seringueira. O menino chegou a ser socorrido, mas não resistiu e morreu.

clique na imagem e saiba mais

A Polícia Militar também contou mais detalhes da ocorrência, que aconteceu por volta das 9h deste sábado (9). Conforme a PM, o produto ingerido pela criança é utilizado pelo pai para amolecer a borracha da seringueira e estava sobre uma pia em uma garrafa pet de refrigerante.

A Polícia Militar falou que a criança avisou a mãe que teria bebido o produto e que sua boca estaria ardendo, começando imediatamente a passar mal. Nesse momento, a mãe ligou imediatamente para um taxi que levou a criança até Salmourão. Posteriormente, o menino foi levado para a Santa Casa de Osvaldo Cruz por uma ambulância.

Na Santa Casa de Osvaldo Cruz, conforme a PM, a criança deu entrada com vida, sonolenta e com vômito, mas não resistiu e morreu. A Polícia Civil ainda disse que um inquérito será instaurado para apurar a ocorrência e que o produto ácido passará por perícia.

A ocorrência foi registrada na Delegacia da Polícia Civil, em Adamantina, cidade que também fica localizada na região de Presidente Prudente.