Menino tem quase o corpo todo queimado durante brincadeira e precisa de ajuda para tratamento

Anúncio
Clique na imagem. Link direto para Whatsapp

Por John William e Paula Resende, G1 GO

Após se queimar durante uma brincadeira, Ezequiel Guilherme Morais Cândido, de 6 anos, já passou por 12 cirurgias e tem de ficar o tempo todo como uma roupa especial. Moradores de Goianira, na Região Metropolitana de Goiânia, os pais precisam de ajuda para o tratamento do menino e para cuidar dos outros quatro filhos.

O acidente aconteceu em abril de 2018, quando Ezequiel e dois irmãos decidiram fazer uma fogueira dentro de casa e o fogo se alastrou. O menino caiu ao sair da residência, os outros tentaram ajudar, mas não conseguiram.

Vizinhos chamaram o Corpo de Bombeiros, que resgataram os irmãos. Mateus, de 4 anos, e Henrique, de 13, tiverem ferimentos leves. Já Ezequiel ficou internado quatro dias em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

“O fogo veio em cima de mim”, conta o menino.

Apesar de estar em casa, Ezequiel passa por tratamento no Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol). Ele também precisa de terapia com fonoaudiólogo, roupas especiais, remédios e produtos para cuidar da pele.

“Só de remédio com o Ezequiel a gente gasta R$ 1,8 mil. A gente não tem de onde tirar. Precisa de mais um macacão para ele dormir com o silicone”, disse Francisca Morais da Silva.

Francisca vive com o dinheiro que recebe do Bolsa Família, de um benefício do Instituto Nacional de Seguro Social para um dos meninos, que tem epilepsia, e da venda de produtos dentro do Eixo Anhanguera. O marido dela, Francisco Santos Cândido, trabalha com a coleta de materiais recicláveis.

A família também está preocupada porque as aulas começam em breve, mas os filhos não têm todos os materiais necessários. Além disso, as contas de casa também acumulam, pois o imóvel onde moram já está com 16 prestações atrasadas.