Menor mata mulher de 41 anos a tiros por dívida de drogas no valor de R$ 200

Segundo a Polícia Militar, o indivíduo foi localizado logo após o crime na segunda-feira (1º) e disse ter cometido o assassinato porque Claudete devia à ele dinheiro da compra de drogas. Vítima foi socorrida em estado grave, mas não resistiu aos ferimentos.

A Polícia Militar apreendeu um menor de 17 anos por assassinar Claudete de Medeiros de Oliveira, de 41 anos, a tiros na Rua Reinaldo Guerra em Pederneiras (SP). O crime aconteceu na madrugada de segunda-feira (1º).

De acordo com polícia, o adolescente foi localizado ainda na segunda-feira (1º) após breve investigação e confessou que teria assassinado a mulher por conta de uma dívida de drogas no valor de R$ 200.

Os policiais foram acionados após moradores ouvirem disparos no local do crime. Segundo a equipe, quando chegaram ao local encontraram a vítima em estado grave. Ela foi socorrida, mas não resistiu aos ferimentos.

Após a apreensão do menor, os policiais ainda contaram que um jovem de 18 anos estava ao lado do suspeito no momento do crime, mas afirmou que não sabia que o seu amigo mataria a mulher e apenas presenciou os disparos. Ainda de acordo com a polícia, foram apreendidas munições na casa da namorada do rapaz de 18 anos que o acompanhava.

A polícia também apreendeu roupas e calçados dos dois, para que a perícia possa comparar os itens com as roupas dos jovens nas imagens gravadas por câmeras de segurança nas proximidades do local do assassinato. As imagens não foram divulgadas pela polícia.

A Perícia realizou a coleta de material nas mãos de ambos para exame residuográfico. O delegado, Marco Pavanelli, elaborou o Pedido de Apreensão do Adolescente que agora foi levado para a Fundação Casa em Bauru (SP). O revólver utilizado no crime não foi localizado.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT