Meu cachorro está obcecado em montar: o que faço?

Causas são variadas e adestramento pode resolver o problema.

Os cães podem eventualmente desenvolver alguns comportamentos não muito agradáveis para os donos. Podem ingerir as próprias fezes, uivar e montar nas pernas dos convidados (ou dos próprios moradores da casa).

Geralmente são questões simples, resultado de mudanças na rotina e uma forma que o pet encontrou de chamar a atenção dos humanos. Ainda assim, é indicado se manter atento, pois casos como a cropofagia podem indicar falta de nutrientes e pedem uma visita à clínica veterinária.

E quanto ao hábito de montar? Será algo grave? Entenda mais sobre suas causas e o que pode ser feito para amenizar a situação.

Por que meu cachorro monta em outros cães ou nas pessoas?

Os principais motivos que fazer um cão ou cadela montar em outros animais, ou nos seres humanos incluem:

Excesso de hormônios

Os cachorros também passam pela puberdade e, nessa fase, seus hormônios estão em alta, o que pode gerar o desejo de montar em coisas, outros animais e nas pessoas. Acontece por volta dos 6 meses nas fêmeas e 7 meses nos machos.

Agitação

Animais cheios de energia precisam encontrar uma forma de gastá-la. Alguns cães vão sair correndo pela casa, se divertir com seus brinquedos, cavar ou destruir a caminha. Outros preferem montar para fazer esse gasto energético.

Tédio

Se o seu companheiro de quatro patas passa muito tempo sozinho, pode acabar entediado. Nesse caso, monta em outros animais e até em coisas da casa. Caso ele esteja também ansioso, agitado e estressado, pode ter certeza que nem as suas pernas ou braços vão escapar do momento.

Ansiedade e estresse

A ansiedade e o estresse também atingem os cães, não importa qual seja sua idade. É muito comum em pets que passam mais tempo longe dos donos e não possuem alguma distração. Podem montar como uma necessidade de se aliviar e relaxar.

Demonstração de dominância

Você já deve ter visto fêmeas montando em outras fêmeas ou machos fazendo o mesmo com outros machos. O comportamento não tem nada de sexual, mas é uma demonstração de dominância. Pode acontecer em casas com mais de um macho ou fêmea e é uma forma de “mostrar quem manda”. Fique atento: o pet pode fazer isso com você para testar a liderança da casa.

Brincadeira

Enquanto ainda estão mamando, os filhotes podem brincar de montar uns nos outros. Em alguns pets o comportamento permanece até a vida adulta, mas se trata de um momento de diversão e distração.

Busca de atenção

O ato também pode ser uma forma de chamar a atenção dos donos. Quando você não fica muito em casa ou não tem tempo para brincar e passear, o cão pode montar nas suas pernas ou braços como uma forma de chamar a sua atenção. E geralmente consegue, nem que seja para você brigar com ele.

O que posso fazer para evitar a situação?

O primeiro passo é identificar o motivo. Seu pet é novo, um “adolescente”? Podem ser apenas os hormônios e a castração irá resolver a questão. Agora, se existem outros animais na casa, é preciso adestrá-lo. Os cães precisam entender que o líder é você e não devem competir entre si pela dominância do espaço.

A questão é a solidão? Experimente deixar brinquedos para ele poder se divertir durante a sua ausência. Além disso, quando estiver em casa, leve-o para passear e faça brincadeiras. Ansiedade e estresse também podem ser tratados com distrações, mas é importante entender o que incomoda o cão.

A ansiedade da separação, por exemplo, pode resultar em comportamentos incômodos e o adestramento irá ajudar. De qualquer forma, uma visita ao veterinário também é indicada, para verificar possíveis alterações hormonais fora da puberdade.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP