Ministério da Saúde cria procedimento para reabilitação de pacientes que tiveram sequelas pós-Covid-19

Medida é voltada para atender aqueles que apresentarem, entre outras consequências, alterações funcionais, nutricionais e neurológicas.

Além das vacinas, que servem como prevenção, o Ministério da Saúde tem concentrado esforços na assistência das pessoas que tiveram a Covid-19 e necessitam de tratamento para reabilitação devido a sequelas causadas pela doença.

Diante do cenário de pandemia, a pasta decidiu incluir orientações na Tabela de Procedimentos, Medicamentos, Órteses, Próteses e Materiais Especiais (OPM) do Sistema Único de Saúde (SUS).

Entre as medidas detalhadas em portaria, estão o atendimento mensal para as ações necessárias para reabilitação de pacientes que após infecção pelo coronavírus apresentarem alterações funcionais, nutricionais, neurológicas, musculoesqueléticas ou sensoriais que impactam nas atividades da vida diária.

Os serviços compreendem reabilitação cardiorrespiratória, visual, intelectual, física e auditiva, além de atenção fonoaudiológica e fisioterapêutica.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP