Promotoria de Justiça realizou uma reunião de emergência na tarde desta sexta-feira (15), no Fórum da cidade.

Com a presença de autoridades locais (Prefeitura, Procon e Delegacia de Polícia), ficou determinado suspensão da reunião que aconteceria neste sábado (16), no Ginásio Municipal José Alberto Rodini (bairro Narciso Gomes), organizada pela Cooperativa União e que serviria para fazer um cadastro de pessoas interessadas em adquirir apartamentos a preços mais acessíveis.

Na reunião, a promotora de Justiça Juliana Peres Almenara relatou que o Ministério Público realizou diligências preliminares e constatou a possibilidade de ilegalidades da cooperativa e do evento. Sem tempo hábil para colher todas as informações necessárias, ficou determinada na reunião a suspensão do evento.

A Prefeitura, cumprindo determinação do MP e com o propósito de evitar eventuais transtornos para a população, suspendeu a cessão de uso do Ginásio do Narciso Gomes, com a devolução dos valores recolhidos junto ao Município.

Desta forma, a Prefeitura informa que o anunciado evento de cadastro, no Ginásio do bairro Narciso Gomes, está suspenso, até que os fatos levantados previamente pelo MP sejam devidamente apurados pelas autoridades locais.