Morre ‘Léo Baiano’, o leão do Zoológico de Piracicaba, SP, os 15 anos

Animal sofria de uma disfunção cardíaca provocada por tipo raro de câncer, de acordo com Sedema

Aos 15 anos, Léo, o leão baiano do Zoológico de Piracicaba (SP), morreu. O animal sofria de uma disfunção cardíaca provocada por um tipo raro de câncer, segundo informou a Secretaria Municipal da Defesa de Meio Ambiente (Sedema).

Léo baiano morreu no dia 3 de julho deste ano. A equipe do Zoológico, decidiu aguardar o resultado do laudo da necropsia para informar a população.

clique na imagem e saiba mais

O exame confirmou as suspeitas de uma neoplasia maligna na pleura, um tipo raro de câncer em animais que se mostra mais comum naqueles com idade avançada.

animal chegou na instituição em 2014. Ele foi transferido de um zoológico em Salvador, na Bahia, para substituir o outro felino que era o “astro” do zoo municipal e também se chamava Léo, mas morreu em novembro daquele ano.

Segundo nota enviada pela Sedema, a veterinária do Zoológico, Camilla Xavier Mancini, explicou que nos últimos meses a equipe notou que o animal perdia peso apesar de se alimentar normalmente.

“Optou-se por realizar uma bateria de exames contando com a participação de médicos veterinários especialistas em anestesiologia, endoscopia, cardiologia, odontologia, radiologia, ultrassonografia e oncologia veterinária”, afirmou a Sedema.

Segundo a especialista, foi constatado que o Léo estava com um acúmulo de líquido na cavidade pleural e insuficiência cardíaca, a partir daí iniciou-se o tratamento medicamentoso e cuidados paliativos.