Morre mulher que teve 50% do corpo queimado em discussão com vizinha em Piracicaba, SP

A informação foi divulgada pelas redes sociais pela filha da vítima.

Uma discussão entre vizinhas na madrugada de segunda-feira (15),  por causa de som alto, terminou com a morte da psicóloga Vanessa Augusto de Santa Bárbara, 31 anos. O crime foi registrado no bairro Alto em Piracicaba (SP). De acordo com informações, a autora de 32 anos teria jogado um material inflamado no corpo da vítima e na sequência ateado fogo.

Vanessa foi encaminhada para atendimento na Santa Casa, mas devido à gravidade das lesões por ter 50% do corpo queimado, foi transferida para o Hospital Geral de Vila Penteado, na capital paulista, onde acabou morrendo no início da noite da terça-feira (16). A informação foi divulgada pelas redes sociais pela filha da vítima.

 

Segundo levantamento feito pela Polícia Militar, houve um desentendimento entre as vizinhas que ocorreu por conta de uma perturbação de sossego. A mulher então teria se alterado com a reclamação de Vanessa, entrando em sua casa e voltando com um recipiente com líquido, jogando na vítima e ateando fogo nela.

Equipes da Polícia Civil, após investigações obtiveram na Justiça um mandado de prisão temporária de 30 dias. A mulher foi presa no mesmo dia e responderá por homicídio qualificado por motivo torpe e cruel.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT