Moscou teve apenas seis minutos de sol em dezembro

O último mês de 2017 bateu o recorde de menor incidência de luz solar na cidade

Dezembro bateu o recorde de menor incidência de sol na cidade de Moscou, na Rússia. Segundo o principal centro meteorológico do país, foram registrados apenas seis minutos de sol na cidade durante os últimos 31 dias de 2017.

O último mês do ano é tradicionalmente o mais escuro na Rússia. Porém, em média, Moscou recebe dezoito horas de incidência solar direta em dezembro todos os anos. Em 2017, porém, o sol não brilhou totalmente livre de nuvens nenhuma vez durante todo o mês.

Segundo Roman Vilfand, chefe do Meteonovosti, o principal centro de meteorologia do país, os russos puderam observar o sol entre as nuvens por apenas seis ou sete minutos. “Foi uma situação extraordinária este ano”, disse ao portal russo RBC Business.

Vilfand explicou que o céu excepcionalmente nublado de Moscou em dezembro foi causado pela passagem de ciclones, que trouxeram pesadas massas de ar do Atlântico para a região.

O recorde anterior de escuridão em Moscou foi registrado em dezembro de 2000, quando a capital teve apenas três horas de incidência da luz do sol durante todo o mês.


Tem uma sugestão de reportagem? Nos envie através do WhatsApp (19) 99861-7717.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP