Mostra de Dança apresenta videodanças com temas diversos

Programa de Qualificação em Artes completa a Mostra com entrevistas ao vivo com especialistas sobre criação e difusão artística.

Programa de Qualificação em Artes apresenta a Mostra de Dança 2021 entre os dias 21 e 23 de outubro, com mais de 10 videodanças de diversas companhias do interior e litoral de São Paulo, além de entrevistas com especialistas dessa linguagem. Com acessibilidade em Libras e audiodescrição nas aberturas, as apresentações serão transmitidas nos canais digitais das Oficinas Culturais, programa à frente de diversas ações de fruição, formação e vivências artísticas da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e gerenciado pela Poiesis.

Neste ano, os grupos de dança adotam diversas abordagens, entre elas, o cárcere feminino, um manifesto corporal sobre infância e juventude preta periférica, além de poema de Hilda Hilst e de Augusto de Campos como inspirações.

Pela segunda vez transmitida de forma on-line, no YouTubeInstagram e Facebook, 21 e 22/10, quinta e sexta, das 19h às 21h, e 23/10, sábado, das 18h às 21h, a edição 2021 da Mostra de Dança conta com a curadoria de Alex Soares. O também coreógrafo e videomaker já passou por companhias como o Balé da Cidade de São Paulo e Balé Teatro Guaíra, contribuiu como coreógrafo convidado no Hubbard Street Dance (Chicago/EUA), entre outros grupos, em 2012 ganhou o Pretty Creatives International Choreography Competition, quando criou a obra Trace in Loss (2012) para o Northwest Dance Project.

“A arte sempre renasce a partir das restrições, como as causadas pela pandemia. Neste contexto, a dança funciona como um suporte dos processos internos e das forças subjetivas de cada indivíduo. Seguindo essa premissa, o Programa de Qualificação em Dança encontra no vídeo o condutor ideal de uma linguagem efêmera e rudimentar como a dança, para juntos atuarem com inovação e compor criativamente com o coletivo”, destaca Soares.

À medida que possibilita as trocas artísticas entre os grupos e artistas orientadores com ampla experiência, o Programa de Qualificação em Artes firma-se, cada vez mais, como uma vitrine coletiva. Como fruto das orientações, serão apresentadas oito obras inéditas dos grupos Corpo de Baile Jovem de ItanhaémCorpoesia (Piracicaba), Ó1É (Valinhos), À Margem Coletivo de Dança (Jundiaí), Ballare (Presidente Prudente), Companhia Estável de Dança (Bauru), Jovens de Coração Tap da Longevidade (São José dos Campos) e Funk-E (Campinas).

A programação também conta com apresentações dos grupos convidados: Soniquete Arte Flamenca (Campinas), Harmonia Grupo de Dança (Limeira) e Cia de Dança Eclipse (Campinas), todos já orientados em edições anteriores do Programa Qualificação em Artes – Dança.

A seção de entrevistas ao vivo acerca da produção, difusão, formação e criação das danças no estado de São Paulo convida Cristina Neves, João Carlos Couto, José Miguel Wisnik, Jussara Miller, Kanzelumuka, Milton Kennedy Pedro de Freitas. Mais informações sobre esses especialistas na parte final do release (serviço).

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP