Motociclista fica ferida após ser atingida por linha com cerol

Vítima sofreu cortes profundos no pescoço, além de ferimentos no pé e ralados pelo corpo. Garupa da motocicleta também se feriu.

Uma motociclista de 34 anos ficou ferida após ter o pescoço cortado por uma linha com cerol, em Santa Fé do Sul (SP), na tarde do último sábado (2). De acordo com a designer de interiores Deise Ribeiro Figueiredo, ela pilotava a motocicleta com a mãe na garupa quando viu a linha cortante. As duas estavam a caminho de uma mercearia.

“Tentei colocar a mão na frente para desviar da linha, mas ela foi direto para o meu pescoço. Tanto é que tem dois rasgos. Perdi o controle da direção e tive a ideia de jogar a moto em um campinho. A moto pulou e encontramos uma árvore meio seca. Não sei se ela nos protegeu ou ajudou, mas conseguimos parar”, diz.

Mãe e filha foram socorridas e levadas para um hospital de Santa Fé do Sul. A motociclista sofreu, além dos ferimentos no pescoço, cortes em um dos pés e ralados pelo corpo. Já a garupa teve uma fratura em um dos pulsos.

clique na imagem e saiba mais

A Guarda Civil Municipal (GCM) e a Polícia Militar foram acionadas e compareceram ao local onde o acidente foi registrado. No entanto, as equipes não conseguiram encontrar quem estava empinando pipa com cerol.

De acordo com Flávio Soares Rodrigues, comandante da Guarda Civil Municipal de Santa Fé do Sul, trabalhos de fiscalização são realizados constantemente para coibir a prática.

“As pessoas que forem flagradas utilizando cerol serão penalizadas com multa de aproximadamente R$ 600 reais. Caso um menor for flagrado, os pais estarão respondendo pela multa. Se tiver crime, vítima, a pessoa responde criminalmente”, afirma Flávio Soares Rodrigues, comandante da Guarda Civil Municipal de Santa Fé do Sul.

O caso foi registrado como lesão corporal pela Polícia Civil, que tenta identificar o responsável pela pipa com cerol que feriu a designer de interiores e a mãe dela.

“Caso a pessoa tenha assumido o risco de causar essas lesões, pode responder também pela forma dolosa do crime. Inclusive, considerando que a vítima sofreu lesões graves, pode ocorrer enquadramento na forma qualificada da lesão corporal”, conta o delegado Higor Vinícius Nogueira Jorge.