Mulher de 31 anos é morta a facadas pelo ex-companheiro em Sumaré, SP

Casal estava separado há sete meses e tem um filho de 8 anos, que morava com a vítima.

Uma mulher de 31 anos foi morta a facadas pelo ex-companheiro em uma casa no bairro Salerno, em Sumaré (SP), na noite de terça-feira (1º). Depois do crime, o suspeito também tentou se matar com golpes de faca, mas foi socorrido pela Polícia Militar. O casal tem um filho de oito anos, que morava com a vítima.

De acordo com a corporação, o homem foi até a residência da jovem para conversar com ela, mas eles tiveram um desentendimento. Juliene Barbosa Messias foi esfaqueada no pescoço, peito e braços. O pai da vítima mora na casa da frente e ouviu o chamado do ex-genro, mas quando saiu na rua a filha já estava morta.

clique na imagem e saiba mais

Ainda segundo a polícia, o casal estava separado há sete meses. O caso foi registrado como feminicídio no plantão da Central de Polícia Judiciária de Sumaré e a faca usada pelo criminoso foi apreendida.

Até a publicação, Cléber Alves do Santos, de 39 anos, permanecia internado sob escolta policial no Hospital Estadual de Sumaré. O pai de Juliene passou mal após prestar depoimento e também precisou ser socorrido a uma unidade médica.