Mulher de 61 anos tem alta após 97 dias internada com coronavírus em Campinas, SP

Cidade tem 36.798 casos de coronavírus, sendo 1.305 mortes, até esta sexta (23).

Uma mulher de 61 anos infectada pelo novo coronavírus teve alta médica após 97 dias de internação no Hospital Ouro Verde, em Campinas (SP), nesta quinta-feira (22).

Segundo o secretário de Saúde, Carmino de Souza, este foi o período mais longo de um paciente hospitalizado com Covid-19 na rede pública da cidade. A paciente possui comorbidades, é diabética e hipertensa. Foram 85 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e mais 12 na enfermaria.

A saída dela foi registrada em vídeo, divulgado pela prefeitura na sexta (23). Teve balões enfeitando o corredor do hospital e foi muito aplaudida por familiares e profissionais de saúde do hospital. Ela, no entanto, estava ainda na maca, devido ao longo tempo internada. “Tanto tempo na UTI, a pessoa acaba perdendo massa muscular, precisa de reabilitação na parte motora.”, explicou o secretário de Saúde.

clique na imagem e saiba mais

Até esta sexta, Campinas somou 36.798 casos confirmados do novo coronavírus, com 1.305 mortes de moradores. Há ainda 226 pessoas internadas com a Covid-19, sendo que somente seis delas estão há mais de 30 dias nos leitos. Segundo Souza, as demais se tratam de internações que duram uma média de dez dias.