Mulher de 71 anos cai em golpe e entrega cartão de crédito a criminoso em Araras, SP

Recentemente o delegado Tabajara Zuliani, responsável pelo Setor de Inteligência da Polícia Civil de Araras, fez um vídeo alertando sobre o golpe.

Mais um registro de golpe foi registrado no plantão da Central de Polícia Judiciária na cidade de Araras (SP). Desta vez, a vítima foi uma aposentada de 71 anos, segundo o boletim de ocorrência.

De acordo com sua declaração, ela recebeu uma ligação em seu telefone residencial em que o golpista se passava por funcionário do banco, prática comum entre os estelionatários.

Foi dito para a vítima que havia uma tentativa de compra irregular em seu cartão e que para preservá-la um motoboy iria até a sua casa buscar o seu cartão para pudesse ser feito o bloqueio. 

Após entregar seu cartão ao criminoso, diversas compras de valores altos começaram a ser realizadas. Ela informou o banco sobre o fato, e registrou o boletim de boletim de ocorrência. Recentemente o delegado Tabajara Zuliani, responsável pelo Setor de Inteligência da Polícia Civil de Araras, fez um vídeo alertando sobre o golpe. Assista abaixo:

Alerta da Polícia Civil sobre o golpe

Os golpistas entram m contato com as pessoas, já de posse e algumas informações delas, e assim, de maneira muito convincente, se passam por funcionários dos bancos. Com isso, convencem as pessoas a entregarem seus cartões de crédito/débito.

Os falsos (as) atendentes conseguem adquiri informações das pessoas, além de dizerem que um motoboy do banco ou até policiais a paisana irão retirar os cartões na residência das vítimas.

No entanto, a Polícia Cívil de São Paulo ALERTA para que a população NUNCA informe dados pessoais, senhas, muito menos entregue cartões ou documentos para estranhos. Sendo que os bancos JAMAIS enviam funcionários até às residências, e polícias sempre que vão as casas, devem estar devidamente identificados.

Caso algum golpista ligar ou ir até sua casa, entre em contato com a Polícia Civil imediatamente. Qualquer denúncia deste crime ou de outros podem ser direcionadas ao telefones/whatsapp (19) 9-9748-3955 ou 3541-8111, da Polícia Civil de Araras. Compartilhem essa informação para seus pais e avós, visto que o golpe tem como pessoa idosas como a maioria das vítimas. 

 

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT