Mulher é assassinada após descobrir que namorado era casado

Anúncio
Clique na imagem. Link direto para Whatsapp


Milena havia procurado a Delegacia de Proteção à Mulher da cidade onde morava com a filha, no dia 4 de janeiro.

Uma mulher de 37 anos foi assassinada pelo ex-namorado, de 45, em Formiga (MG) nesta sexta-feira (11). O homem tirou a própria vida após cometer o crime. Milena Pereira Siqueira já havia até mesmo registrado ocorrência por ameaça contra Emerson Modesto de Faria.

Ele chegou a ser preso, mas libertado após pagamento de fiança. Segundo informações do Extra, o suspeito não aceitava o fim do relacionamento. Os dois haviam terminado após Milena descobrir que o companheiro era casado. Foi quando ele começou a ameaçá-la. O casal estava junto há um ano, com a anuência da esposa de Emerson.

“Ele chegou a ser preso em flagrante, mas no outro dia pagou fiança e saiu. Ela tentou sair de um relacionamento abusivo, com ameaças constantes a ela e suas filhas”, afirmou uma amiga em um post de rede social. “O final foi este trágico, onde um cara totalmente psicopata, que não teve amor a ele, a família dele, e nem a família dela”, escreveu, garantindo que ele mentia sobre seu status de relacionamento.

Milena havia procurado a Delegacia de Proteção à Mulher da cidade onde morava com a filha, no dia 4 de janeiro, alertando sobre as ameaças. Ela havia informado que Emerson, apesar de não procurá-la mais, passava frequentemente de carro pela rua. No dia do crime, ele estacionou num local próximo, esperando a ex chegar.

Quando a viu, efetuou os disparos. As balas também atingiram a filha adolescente de Milena, de 17 anos, que precisou passar por uma cirurgia para a retirada de um dos pulmões e segue em estado gravíssimo na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Complexo de Saúde São João de Deus, em Divinópolis, cidade vizinha a Formiga.