Mulher é espancada pelo próprio filho após se negar a transferir imóvel

O caso ganhou repercussão nas redes sociais após postagem de um morador da cidade.

Uma mulher acusa o próprio filho de espancamento, após ter se negado a transferir propriedades para o seu nome. Os hematomas no rosto de Marlene Gatis Borati, moradora do Bairro Fernandes, em São João Batista (SC), foram registrados em fotos e mostram a violência com que foi agredida.

De acordo com informações, o filho, identificado como Marcelo Gatis Borati, é morador de Major Gercino e teria indo na casa da mãe no domingo (05), solicitando que ela transferisse propriedades da família para o seu nome. Sem ter sucesso, ele começou a quebrar os objetos da casa. Quando pediu para que o filho parasse, ela virou alvo da violência.

O rapaz teria pego a mãe pelo pescoço e iniciou as agressões com socos. Marlene cuida do marido que sofreu uma AVC a poucas semanas, e ficou com muitas sequelas. O caso ganhou repercussão nas redes sociais após postagem de um morador da cidade.

clique na imagem e saiba mais