Mulher é morta pelo próprio marido durante briga em SP; assassino foi achado sem vida em seguida

Segundo a polícia, mulher foi encontrada morta com faca cravada na cintura, e marido teria se enforcado após o crime.

Uma mulher foi morta a facadas pelo próprio marido em Itanhaém, no litoral de São Paulo. Segundo apurado pela nossa reportagem nesta terça-feira (19), em seguida, o assassino tirou a própria vida. A polícia trabalha com a hipótese de feminicídio.

Segundo a polícia, através de uma fresta da janela, familiares viram que os corpos estavam no chão, e acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Em nota, a prefeitura informou que a equipe chegou ao local, verificou que se tratava de um crime e chamou a Polícia Militar.

A PM afirma que, ao chegar à casa onde as mortes aconteceram, no bairro Jardim Coronel, o portão da garagem estava com o trinco estourado, e a porta da sala quebrada, danos causados pelos familiares que entraram para ver como as vítimas estavam.

Leia também:

Cercada por sangue

Na residência, morava o casal Flávia Batista e Luiz Eduardo Coelho. A moça, de acordo com a Polícia Militar, foi encontrada deitada com as costas no chão e cercada por sangue, com uma faca próxima à região da cintura. Além da facada, a vítima sofreu ferimentos no pescoço e no braço.

O corpo de Luiz Eduardo estava dentro de um quarto. Segundo os detalhes passados pela PM, ele teria se enforcado e estava com o peito e o pescoço lesionados. Ainda segundo os policiais, as mortes haviam acontecido há pouco tempo. O local foi preservado para a chegada da perícia.
 
Os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) de Praia Grande. Segundo a assessoria do IML, os corpos já haviam sido examinados e liberados para os familiares. A ocorrência foi registrada na Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Itanhaém.
CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP