Mulher presa por explorar sexualmente filhas adolescentes tem liberdade provisória concedida em Garça, SP

Segundo a delegada, foi levado em consideração que a mulher possui seis filhos e ainda amamenta um bebê de cerca de um ano. 

A mulher que foi presa por explorar sexualmente as filhas em Garça (SP), além de corromper menores e se associar ao tráfico de drogas teve a liberdade provisória concedida após passar por audiência de custódia na quinta-feira (28), um dia após o ocorrido.

Segundo a delegada responsável pelo caso, Renata Yumi Ono, foi levado em consideração na audiência que a mulher possui seis filhos e ainda amamenta um bebê de cerca de um ano. Por isso, a liberdade provisória foi concedida.

Leia também:

 

Já o homem acusado de praticar rinha com 44 galos (12 deles encontrados com sinais de mutilação) permaneceu preso após após a audiência, na qual a Justiça determinou que a prisão em flagrante fosse convertida em preventiva.

Além disso, ele foi autuado pela Polícia Ambiental no valor de R$ 36 mil. Ele foi preso por tráfico e associação ao tráfico de drogas, corrupção de menores, maus-tratos a animais e dano qualificado.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP