Mulher que ateou fogo na vizinha que teve mais de 50% do corpo queimado é presa pelo SIG em Araras, SP

PUBLICIDADE

Além da tentativa de homicídio triplamente qualificado, ela também responderá pelo crime de coação por ter ameaçado uma testemunha.

Na tarde desta quinta-feira (9), os policiais do SIG (Setor de Investigações Gerais), da Polícia Civil de Araras (SP), localizaram e prenderam uma mulher que no último final de semana ateou fogo na vizinha que teve mais de 50% do corpo queimado e encontra-se internada em estado grave em Limeira (SP).

De acordo com o delegado Tabajara Zuliani dos Santos, a mulher teve sua prisão temporária decretada por 30 dias para o término das investigações. Além da tentativa de homicídio triplamente qualificado, ela também responderá pelo crime de coação por ter ameaçado uma testemunha. Ouça abaixo:

 

PUBLICIDADE

Sobre a ocorrência

Uma mulher de 35 anos teve mais 50% do corpo queimado, após ser atacada na frente de sua casa, na tarde deste domingo (5), na região central de Araras (SP). De acordo com o boletim de ocorrência, a situação aconteceu na rua José Marangoni, na Vila Pastorello. 

A vítima estava sentada em um sofá em frente a sua casa quando a autora que seria sua vizinha apareceu com um copo e jogou o liquido do recipiente na vítima ateando fogo em seguida. A mulher foi socorrida e encaminhada até o Hospital São Luiz.

Aos policiais militares cabo Gonçalves e e cabo Marco Antonio, ela contou que não sabe por qual razão a autora cometeu este ato. Ainda segundo a polícia o material inflamável usado para incendia-la teria sido álcool.

O caso foi apresentado no Plantão da Central de Polícia Judiciária, e está sendo investigado pelo setor de inteligência da Polícia Civil.

PUBLICIDADE
CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP