Mulher tenta entrar na cadeia com microcelular na vagina em Limeira, SP

A direção do CDP abriu procedimento disciplinar interno para apurar se o detento está envolvido. 

Uma mulher tentou entrar no CDP – Centro de Detenção Propvisória de Limeira (SP), com um microcelular e um chip telefônico, escondidos na vagina. O caso será investigado pela Polícia Civil.

De acordo com a SAP – Secretaria da Administração Penitenciária, a descoberta ocorreu por meio de um aparelho de scaner corporal, que identificou os objetos no corpo da mulher.

Após o questionamento a visitante admitiu a irregularidade e confessou que estava trazendo para seu companheiro que encontra-se detido na unidade prisional. A direção do CDP abriu procedimento disciplinar interno para apurar se o detento está envolvido. 

clique na imagem e saiba mais