Multidão sem máscara desrespeita normas e lota praia no litoral de SP

Banhistas lotaram praia Riviera de São Lourenço neste sábado (1º), desrespeitando regras do decreto municipal.

Uma multidão lotou a faixa de areia na orla de Bertioga, no litoral de São Paulo, desrespeitando regras e sem fazer o uso da máscara neste sábado (1º). Registros feitos na praia Riviera de São Lourenço, mostram dezenas de banhistas que não seguiram as normas determinadas pela prefeitura.

Diferente do último fim de semana, em que as temperaturas chegaram a 32°C, a média neste sábado é de 22°C, mas o tempo mais ameno não impediu a população de ir até as praias.

clique na imagem e saiba mais

O flagrante foi feito em meio à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), momento em que cidades da região permanecem com restrições para combate da doença. Nas imagens é possível ver dezenas de banhistas aproveitando a praia, com guarda-sóis e cadeiras, o que ainda é proibido segundo o decreto municipal.

Nas fotos da praia da Riviera, ainda há banhistas reunidos em grupos e alguns que levaram alimentos para consumir na faixa de areia, práticas que são contrárias às recomendações dos órgãos de saúde. Apesar da flexibilização que permitiu a retomada do comércio ambulante, o consumo é proibido, com exceção de lugares devidamente autorizados.

Em Bertioga, é permitida a passagem pela faixa de areia, assim como a prática de surf, canoagem e natação, todas individuais, nas praias do município, das 6h às 18h. A entrada no mar sem ter como objetivo a prática de esporte também permanece proibida, já que o banhista precisaria tirar a máscara, item de proteção obrigatório.

Em nota, a Secretaria de Segurança e Cidadania de Bertioga informa que as ações de fiscalização e orientação nas praias estão sendo intensificadas pelas equipes da Guarda Municipal, Diretoria de Trânsito e Transportes e Departamento de Operações Ambientais.

A administração municipal reforça que durante a fase amarela do Plano SP está permitida a prática de atividades físicas individuais nas praias, não sendo permitidos mesas, cadeiras, barracas, guarda-sóis, entre outros. Reitera também que o comércio ambulante pode funcionar conforme horário já autorizado antes da pandemia, sendo permitido consumo no local.

A prefeitura ainda destaca que frequentadores das praias e os comerciantes devem seguir os protocolos e respeitar as medidas de prevenção ao coronavírus, previstas nos decretos municipais.

Covid-19 na Baixada Santista

A Baixada Santista, região de São Paulo, registrou novos casos de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Com as notificações das cidades, a região soma 38.690 casos confirmados 1.422 mortes causadas pela Covid-19. Segundo boletins divulgados pelas nove cidades, há ainda 4.222 casos suspeitos, 84 mortes sob investigação e 27.930 pacientes que se recuperaram.