Najila entrega novo celular para a polícia após sumiço do aparelho que usou para falar com Neymar, diz advogado

Anúncio
Clique na imagem. Link direto para Whatsapp


“Este aparelho não tem relação com os fatos. Ela comprou um novo depois que o anterior desapareceu não se sabe como”, diz Cosme Araújo. Equipamento será periciado.

A modelo Najila Trindade Mendes de Souza, que acusa o jogador Neymar de estupro e agressão, entregou um novo celular à polícia, quando prestava declarações na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) na Zona Sul de São Paulo. O aparelho foi comprado por ela depois que o antigo celular, usado por ela para falar com o jogador, sumiu.

“Este aparelho não tem relação com os fatos. Ela comprou um novo depois que o anterior desapareceu não se sabe como. A delegada pediu para ficar com o aparelho e a Najila entregou de livre e espontânea vontade”, disse o novo advogado dela, Cosme Araújo.

O celular deixado por Najila com a polícia será levado para peritos da Polícia Técnico-Científica de São Paulo. Segundo o advogado, Najila conseguiu reabilitar a antiga linha telefônica usada por ela quando combinou o encontro em Paris com Neymar. Agora, os peritos tentarão resgatar os arquivos e os dados enviados por ela por meio da linha telefônica.

Nesta quarta-feira (19), Cosme Araújo protocolou o pedido de acareação entre Najila e o jogador Neymar para ajudar no esclarecimento do caso. Ele reconhece que não existe previsão legal para esse procedimento, mas ele quer debater essa possibilidade com a delegada. Ele também disse que o vídeo de sete minutos que ainda não foi divulgado mostraria Neymar consolando a modelo.

A acareação é a confrontação de duas ou mais testemunhas, entre si ou com as partes, cujos depoimentos anteriores não foram suficientemente esclarecedores.

O jogador Neymar Junior acusado de estupro pela modelo Najila Trindade, chega para depor na 6º Delegacia da Mulher de Santo Amaro, zona sul da capital paulista na tarde desta quinta-feira (13). — Foto: MAURICIO/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

Esclarecimentos

Najila chegou por volta das 11h40 desta terça-feira, acompanhada de seu novo advogado, e saiu às 15h50. Ela foi à delegacia que fica ao lado para falar sobre o caso do arrombamento do seu apartamento e ficou lá até o início da noite.

Najila falou por mais de 7 horas nas duas delegacias sobre a acusação de estupro, arrombamento que ela disse que houve no seu apartamento, sobre a acusação que fez ao primeiro advogado de ter tentado extorquir dinheiro do jogador. Ela negou ter pedido dinheiro e disse que não autorizou qualquer proposta de acordo financeiro em seu nome.

Por carta precatória, falou sobre o inquérito contra o Neymar por ele ter divulgado fotos íntimas de Najila na internet, cuja investigação é feita no Rio de Janeiro.

Siga Beto Ribeiro Repórter e FATOS POLICIAIS no facebook, e fique por dentro de todas as novidades!