No dia em que se registrou a 368ª morte por Covid-19, força-tarefa encerra “forrozão” com cerca de 100 pessoas em Araras, SP

As multas aplicadas são cadastradas no CPF ou CNPJ do infrator, que recebe um boleto de cobrança no endereço registrado.

A força-tarefa de Combate à Covid-19, composta por equipes da Guarda Civil Municipal e Vigilância Sanitária, inspecionou os estabelecimentos, chácaras e locais públicos na noite deste sábado (17).

Durante a ação, os órgãos receberam denúncias de duas festas clandestinas que estavam rolando. Pela Avenida Teresa Maria Michelon Pavan, foram constatada aproximadamente 100 pessoas em um forró, região do Terras de Carolina. Também foi constatada dispersada aglomeração pelo Jardim 8 de Abril. A ação foi comandada pela inspetor Machado.

As autuações ocorrem de duas formas na cidade. Por meio de denúncias feitas pelos telefones 153 e 3543-1532 da Guarda Civil Municipal ou por flagrantes feitos pela ronda da GCM e da Vigilância Sanitária.

As multas aplicadas são cadastradas no CPF ou CNPJ do infrator, que recebe um boleto de cobrança no endereço registrado. No caso de não pagamento do valor cobrado, o munícipe pode ser protestado e ter o CPF negativado. 

Situação Epidemiológica

Até o último boletim epidemiológico divulgado na tarde desta sexta-feira, Araras somava 17.223 casos de Covid-19, entre eles, 368 mortes. Do total de infectados, 17.068 já cumpriram o período de isolamento e estão recuperados. Outras 123 pessoas ainda aguardam resultados de exames.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT