Número de casos em escola particular com surto de Covid-19 sobe para 42 em Campinas, SP

De acordo com a unidade, 37 funcionários e cinco alunos testaram positivo para a doença. Uma professora está internada.

O número de casos confirmados de coronavírus no Instituto Educacional Jaime Kratz, em Campinas (SP), subiu para 42. De acordo com a unidade de ensino, 37 funcionários e cinco alunos testaram positivo para a Covid-19. Na segunda-feira (1º), a instituição anunciou a suspensão das atividades presenciais até o dia 18 de fevereiro e informou que, até então, um estudante e 34 trabalhadores haviam sido infectados.

Entre os funcionários testaram positivo, está uma professora que precisou ser internada na terça-feira (2). Segundo a diretoria da escola, o estado de saúde da docente é estável. Durante o período de suspensão das aulas, a escola particular, que fica no bairro Taquaral, vai manter o ensino remoto para todos os alunos.

As aulas presenciais haviam sido retomadas no dia 25 de janeiro por meio de rodízio, ou seja, com 35% dos alunos presentes. Ao todo, 1,3 mil estudantes estão matriculados na instituição.

clique na imagem e saiba mais
E-mail enviado aos pais pela instituição — Foto: Reprodução/EPTV

Medidas adotadas

Segundo a escola, os pais dos alunos já foram orientados e a instituição passará por desinfecção. “Todas as medidas de segurança sanitária foram e continuam sendo adotadas pela escola com o intuito de preservar a saúde de alunos e colaboradores”, diz um comunicado no Facebook da instituição.

“A unidade escolar informou o Simed – sistema de informações do Estado – sobre a ocorrência e enviou uma planilha com os dados epidemiológicos de todos os docentes infectados à Vigilância Sanitária de Campinas. A Delegacia de Ensino do Estado também foi comunicada”, completa o texto.

 

Outras escolas

Na terça-feira, a Escola Estadual Deputado Eduardo Barnabé, na região do DIC I, em Campinas, registrou um caso positivo de Covid-19 e outros quatro suspeitos, segundo informou a Secretaria Estadual de Educação. Apesar dos registros, diz a pasta, a volta às aulas presenciais na unidade está mantida para a próxima segunda (8).

Já outra escola particular da cidade, o Colégio Farroupilha, também suspendeu as aulas presenciais após uma professora e uma aluna testarem positivo para coronavírus. Por conta da confirmação dos casos em mais de uma unidade da metrópole, o Ministério Público pediu esclarecimentos às instituições.

ÁGIL DPVAT