Número de famílias que vivem na extrema pobreza cresce em 25 estados brasileiros

Quase cinco por cento das famílias brasileiras vivem em condição de pobreza extrema

O número, referente ao ano passado, representa uma alta na comparação com a pesquisa anterior, feita em 2014.

Quando o problema afetava pouco mais de três por cento das famílias. Os números são da Tendências Consultoria.

A situação de pobreza extrema atinge famílias com renda mensal de até 85 reais por pessoa.

O cenário piorou em nada menos que 25 estados brasileiros. Enquanto a pobreza caiu apenas no Tocantins e na Paraíba.

Os responsáveis pela pesquisa avaliam que o resultado é uma consequência direta da crise econômica.

Uma vez que as regiões onde a miséria mais cresceu também foram aquelas que mais sofreram com a recessão.

Norte e Nordeste foram as mais afetadas. A maior taxa de crescimento da pobreza extrema foi a do Acre: 5,6 por cento.

Porém, o Maranhão é o estado com mais pessoas nessa situação no País. Em média, o problema atinge 12 por cento das famílias.


Aviso: Os comentários só podem ser feitos via Facebook e são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, sendo passível de retirada, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Tem uma sugestão de reportagem? Nos envie através do WhatsApp (19) 99861-7717.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP