Operação prende proprietário de fábrica clandestina de conservas em Campinas, SP

Estabelecimento já tinha sido fechado em 2018, porém continuava funcionando irregularmente. Caso foi registrado como crime contra as relações de consumo no 4º DP de Campinas.

Uma operação da Vigilância Sanitária de Alimentos de Campinas (SP), em parceria com a Polícia Civil, prendeu o proprietário de uma fábrica clandestina de conservas, antepastos e tortas, na manhã desta quinta-feira (4), em uma residência na Vila Nogueira.

A ação aconteceu após uma denúncia anônima. Ao chegar à fábrica, as equipes constataram que o local já estava interditado pela Vigilância e também judicialmente desde 2018, mas continuava funcionando. O proprietário, de 54 anos, acumula R$ 25 mil em multas não pagas.

Segundo a Vigilância, a fábrica não cumpria nenhum requisito de condições sanitárias e boas práticas. O local passou por perícia técnica e o órgão informou que vai apurar em quais locais os alimentos estavam sendo comercializados, já que a empresa também realizava vendas pela internet.

O proprietário foi preso em flagrante e levado ao Plantão do 4º DP de Campinas. O caso foi registrado como crime contra as relações de consumo.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT