OSC e Vivo oferecem cerca de 100 vagas para aprendizes PcD

Parceria entre OSC Vocação e Telefônica Vivo oferece cerca de 100 vagas de jovem aprendiz para pessoas com deficiência (PcD) em 4 capitais do Brasil: Curitiba, Recife, Belo Horizonte e Rio de Janeiro.

Vocação, uma organização da sociedade civil que visa fomentar oportunidades de educação, emprego e renda para combater as desigualdades sociais, acaba de firmar uma pareceria com a Telefônica Vivo. O projeto vai oferecer cerca de 100 vagas de Jovem Aprendiz para pessoas com deficiência (PcD).

Quatro capitais do Brasil serão atingidas pelo projeto: Curitiba, com 83 vagas disponíveis; Recife, com 11 vagas; Belo Horizonte, com 3 vagas; e Rio de Janeiro, com 2 vagas.

Para ser aprendiz, a pessoa precisa ter nível de deficiência compatível com o cargo. Podem se inscrever jovens de 14 a 24 anos, que não tenham sido aprendizes em outra empresa anteriormente, que estejam cursando ou já tenham cursado o Ensino Fundamental e/ou Ensino Médio e que tenham disponibilidade para trabalhar seis horas por dia.

Além disso, a Vocação também convida organizações da sociedade civil que tenham algum projeto de inclusão de jovens PcD nessas cidades a participar do Programa Jovem Aprendiz.

Segundo Marcela Toledo, gestora de programas de empregabilidade da Vocação, o objetivo das parcerias no Programa Jovem Aprendiz para jovens PcD é justamente trabalhar em rede para garantir que os direitos desses jovens sejam garantidos e que a inclusão deles na sociedade seja, de fato, estável e duradoura.

“Contar com empresas e organizações parceiras que oferecem oportunidades de inclusão produtiva no mercado de trabalho é usar o trabalho em rede a favor de uma transformação social efetiva”, explica Marcela Toledo.

Para saber mais sobre o programa e fazer a inscrição, basta acessar o site.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT