Padre Haroldo Rahm, referência no acolhimento de dependentes químicos, morre aos 100 anos

Informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do instituto criado por ele há 41 anos, que tem sede em Campinas (SP).

O padre Haroldo Joseph Rahm, missionário americano referência no acolhimento de dependentes químicos, morreu, na tarde deste sábado (30), aos 100 anos. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do instituto criado por ele há 41 anos, que tem sede em Campinas (SP).

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), decretou luto oficial por conta da morte de padre Haroldo e ofereceu o Paço Municipal para a realização do velório. O Instituto Padre Haroldo ainda não confirmou a causa do óbito.

“Padre Haroldo foi um ser humano muito especial, que ajudou e iluminou a vida de várias pessoas”, disse o prefeito. Meus sentimentos à sua família, amigos e aos muitos admiradores. Padre Haroldo fará muita falta, mas deixa um enorme legado para ser seguido por todos nós”, diz o texto do prefeito.