Pais conseguem na Justiça remédio importado para filho em Limeira, SP

Bebê nasceu há um mês com hiperinsulinismo; ontem a família recebeu a notícia de que o medicamento será liberado.

Pyerre Ferreira de Oliveira nasceu no dia 16 de outubro e desde então está internado na UTI Neonatal da Santa Casa de Limeira (SP). A informação é do Jornal Gazeta de Limeira.

O recém-nascido tem uma doença rara e precisa de um medicamento que não existe no Brasil. Os pais Michele e César Oliveira só vão conseguir levá-lo para casa quando conseguirem esse remédio.

O bebê foi diagnosticado com hiperinsulinismo, que causa hipoglicemia (baixa glicose no sangue). “O pâncreas produz mais insulina do que glicose, o que pode causar convulsão e ele entrar em coma. Na Santa Casa, ele toma a medicação na veia, por isso está com acesso venoso. Assim consegue controlar a glicemia. Meu filho precisa dessa medicação, em comprimido, para poder ir para casa. E só tem nos EUA e não é autorizado pela Anvisa”, explica o pai.

clique na imagem e saiba mais

Ele conta que a Santa Casa e Diretoria Regional de Saúde (DRS) tentaram conseguir o remédio, mas foi negado. Ele então entrou com processo na Justiça de Limeira, que não aceitou o pedido, e depois ingressaram com ação na Justiça Federal, que deu ganho de causa ontem para os pais. “Conseguimos e meu filho terá a medicação e o governo deverá fornecer. O prazo é de 20 dias para poder liberar a medicação, mas pode ser que semana que vem já esteja no Brasil. Depois são mais cerca de três dias para que possamos levar o Pyerre para casa”, diz o pai.

Leia a notícia completa em: https://bit.ly/2ULJG95