Panela de pressão elétrica: tudo que você precisa saber sobre o item

Saiba mais sobre esse modelo de panela que vem ganhando cada vez mais popularidade entre os que adoram cozinhar.

A panela de pressão é um utensílio indispensável para quem gosta de aliar praticidade e produtividade na cozinha. Afinal, entre todos os tipos de panelas existentes, ela é a melhor para cozinhar alimentos como feijão, alguns legumes e carnes, entre outros.

Isso porque, quando cozidos na panela de pressão, os alimentos tendem a perder menor quantidade de nutrientes, visto que o tempo de cozimento gasto nessa panela é bem menor que o tempo de um processo convencional.

No entanto, apesar de ser uma grande aliada dos cozinheiros, muitas pessoas consideram arriscado e chegam até a ter medo de manusear o modelo tradicional. Em razão disso, a panela de pressão elétrica vem ganhando cada vez mais espaço na casa dos brasileiros, pois é considerada bem mais segura.

Caso você nunca tenha ouvido falar ou ainda não saiba ao certo como esse tipo de panela funciona, criamos este artigo com tudo o que você precisa saber sobre a panela de pressão elétrica. Confira!

Como a panela de pressão elétrica funciona?

O intuito da panela de pressão elétrica é acelerar o processo de preparo dos alimentos, assim como a panela de pressão comum. Porém, a diferença mais notável entre os dois modelos é que a tradicional precisa da chama do fogão para funcionar, enquanto a elétrica, como o próprio nome indica, funciona por meio da eletricidade.

O grande ponto positivo da panela de pressão elétrica é que, depois de ligá-la, não é preciso se preocupar com mais nada. Não é necessário, por exemplo, adicionar mais água durante o preparo do alimento. Basta apenas colocar os alimentos, a quantidade indicada de água e programar o tempo e a temperatura de cozimento. Além disso, a panela elétrica também conta com diversos dispositivos de segurança, o que afasta definitivamente o popular medo de a panela explodir.

Funções

Ao contrário do que muitos pensam, a panela de pressão elétrica não é restrita apenas ao preparo de alimentos como o feijão e a mandioca, por exemplo. Isso porque o modelo possui uma grande variedade de funções modernas e práticas que possibilitam o preparo de diversas receitas, como arroz integral, ensopados, carnes e muito mais. Basta programá-la corretamente.

Além disso, a panela de pressão elétrica também possui outras funções interessantes. Entre elas, podemos destacar:

 

  • Função aquecer, que mantém a comida quente por até 12 horas;
  • além de cozinhar na pressão, ela também pode ser utilizada para fritar, assar ou refogar alimentos;
  • timer;
  • função esterilização;
  • diferentes níveis de pressão para proporcionar um cozimento mais ou menos acelerado.

 

Todavia, vale ressaltar que essas funções podem variar de acordo com a marca da panela.

Quais as vantagens e desvantagens da panela de pressão elétrica?

Assim como qualquer produto, a panela de pressão elétrica possui suas vantagens e desvantagens. Afinal, nada é perfeito.

Vantagens

  • Design moderno;
  • mais segura que o modelo tradicional;
  • cuba removível para facilitar a limpeza;
  • totalmente silenciosa;
  • versátil, pois pode ser utilizada como uma panela normal;
  • mantém o sabor dos alimentos;
  • não gasta gás de cozinha e não ocupa espaço no fogão;
  • cozinha os alimentos uniformemente;
  • comida quente a qualquer momento do dia com a função de aquecimento.

Desvantagens

  • Normalmente são mais caras que o modelo tradicional;
  • não pode ser utilizada caso falte energia em casa.

 

Como você pode perceber, a panela de pressão elétrica possui muito mais pontos positivos que desvantagens. Portanto, se você estiver pensando em investir em uma, certamente não irá se arrepender, pois vale muito a pena.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT