Parceria com a APROFE irá promover melhorias no atendimento e tratamento a portadores de anemia falciforme em Araras, SP

Projeto será organizado pela Coordenadoria da Igualdade Racial.

Em reunião realizada na Casa dos Conselhos na manhã desta quarta-feira (26), o município de Araras (SP) firmou parceria com a APROFE (Associação Pró-Falcêmicos) de São Paulo. A iniciativa irá promover melhorias no atendimento e tratamento a indivíduos portadores de anemia falciforme (doença hereditária caracterizada pela alteração dos glóbulos vermelhos do sangue, tornando-os parecidos com uma foice, daí o nome falciforme. Essas células têm sua membrana alterada e rompem-se mais facilmente, causando anemia). O projeto será organizado pela Coordenadoria da Igualde Racial com apoio do Conselho Municipal da Comunidade Negra.

“O propósito deste evento é informar que Araras se transformou em base da APROFE em nossa região. A nossa cidade possui uma lei destinada para a anemia facilforme – Lei Municipal 5.082/17 – que irá colocar todas as diretrizes relevantes a doença em prática”, explicou a responsável pela Coordenadoria da Igualdade Racial, Cínthya Gomes.

Segundo a responsável, até o momento, Araras não conta com políticas públicas específicas para a anemia falciforme. “Com essa parceria, nós teremos toda informação sobre como proceder com a doença e orientar de maneira correta os portadores. Nossa cidade terá um núcleo da Associação e irá receber todo o suporte”, completou Cínthya

Estiveram presentes ao evento conselheiros e representantes das cidades de Campinas, Tambaú, Porto Ferreira, Leme, Piracicaba, Rio Claro e Santa Gertrudes.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT