Peixaria de Pirassununga é multada por armazenamento ilegal de peixes

Polícia Ambiental apreendeu cerca de 26 quilos de pescado sem documentação de estoque exigida pelo Ibama.

A Polícia Militar Ambiental de Pirassununga (SP) apreendeu, na quinta-feira (5), cerca de 26 quilos de pescado nativo de espécies diversas em uma peixaria no distrito de Cachoeira de Emas.

A ação foi realizada durante a Operação Piracema, com o objetivo de coibir o comércio, armazenamento e transporte de pescado de origem ilegal. O estabelecimento foi multado em R$ 3,6 mil.

Segundo a polícia, o proprietário da peixaria não apresentou a declaração de estoque exigida pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

clique na imagem e saiba mais

Pesca ilegal

No mesmo dia, três homens foram flagrados com 18 quilos de peixes da espécie cascudo. Eles foram multados em R$ 3,1 mil pela pesca em local e período proibidos.

De acordo com a polícia, os homens também foram localizados durante a Operação Piracema, no trecho do Rio Mogi Guaçu. Eles estavam próximos à escadas de peixes, onde não é autorizada captura.

No local, as equipes apreenderam as bicicletas usadas pelos infratores para transportar o pescado. Os peixes foram reintroduzidos no ambiente aquático.

A pesca está proibida desde domingo (1°), por causa do período da piracema. A medida ocorre até 28 de fevereiro e visa proteger a reprodução natural dos peixes nativos.