Pela primeira vez na história, país tem uma Miss Brasil indígena

Pela primeira vez na história do concurso, o Brasil vai ter uma representante indígena no Miss Internacional. A modelo Elâine Souza é da etnia Katokinn e é também afrodescendente.

A indígena alagoana Elâine Souza foi eleita Miss Brasil 2021. O concurso aconteceu na cidade de Gramado, no Rio Grande do Sul. Pela primeira vez na história do concurso, o Brasil vai ter uma representante indígena no Miss Internacional.

A modelo é da etnia Katokinn e é também afrodescendente. Natural de Pariconha, no Sertão alagoano, ela tem 20 anos, estuda psicologia e agora vai representar o país no concurso Miss Internacional.

“Meu pai é primo da cacique da Katokinn, muitos primos moram lá ainda. Sempre participei das festas e procurei ser ativa”, disse Elâine quando foi eleita Miss Alagoas no final de outubro.

Essa foi a 89ª edição do concurso Miss Brasil 2021. No início do mês, a cearense Teresa Santos, de 23 anos, foi escolhida Miss Universo Brasil 2021 e vai representar o país no Miss Universo. Embora tenham nomes semelhantes, os dois concursos são independentes.

Fonte: g1

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP