Pesquisa testa mistura de detergente com óleo de cozinha para eliminar o novo coronavírus

Fórmula de cientistas das Embrapa e da USP São Carlos funcionou contra vírus que afeta aves e será testada no Sars-Cov-2, causador da Covid. Objetivo é ter opção ao álcool em gel.

Pesquisadores das unidades da Embrapa e da Universidade de São Paulo (USP) em São Carlos (SP) comprovaram que uma mistura caseira pode ser eficiente na eliminação de um tipo de coronavírus e pode ser uma alternativa ao uso do álcool em gel.

Agora, o produto será testado no Sars-Cov-2, causador da Covid-19. A mistura simples pode ser feita com dois produtos encontrados em todas as cozinhas: detergente e óleo vegetal, como o óleo de soja, por exemplo.

clique na imagem e saiba mais

A fórmula foi testada em um coronavírus que afeta aves em três concentrações de carga viral diferentes. “É um teste preliminar, pode ser considerado um piloto, mas observamos que após 10 minutos o vírus foi completamente inativado”, afirmou a virologista da Embrapa, Cíntia Okino, que ficou muito otimista com os resultados. “O coronavírus aviário tem uma estrutura muito semelhante ao vírus causador da Covid porque pertencem a mesma família, por isso nos esperamos que os filmes testados tenham a mesma eficácia.”

A mistura eliminou o vírus das mãos e também de superfícies. Segundo o pesquisador da Embrapa, Luiz Alberto Colnago, a substância tem algumas vantagens em relação ao álcool em gel.

A vantagem é o menor o custo, porque pode ser feito com dois produtos que se tem em casa e ele dura muito mais tempo na mão, podendo atuar por cerca de uma hora, ao contrário do álcool em gel que em alguns minutos seca e perde a atividade antiviral’, afirmou.

Os testes com o Sars-Cov-2 serão feitos pela Fiocruz, no Rio de Janeiro e deverão ser iniciados em setembro. A previsão é que que os resultados saiam em três meses. (Com informações G1 São Carlos e Araraquara)