Pfizer: 1 milhão de doses da vacina serão distribuídas em maio

Produto precisa de temperaturas especiais de armazenamento

Produto precisa de temperaturas especiais de armazenamento.

O Ministério da Saúde anunciou quinta-feira (22) que enviará a estados e municípios 1 milhão de doses da vacina da Pfizer/BioNTech. E serão distribuídas inicialmente 500 mil doses no início do mês para a primeira dose. E uma semana depois, será encaminhada assim também, nova remessa com mais 500 mil doses.

Semana passada, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, divulgou que a Pfizer vai entregar 2 milhões de doses da vacina. O governo brasileiro tem um contrato com a farmacêutica para a entrega de 100 milhões de doses até o final de 2021. Segundo Queiroga, estão garantidas 15,5 milhões de doses da vacina da Pfizer para os meses de abril, maio e junho.

E a orientação do Ministério da Saúde é que as secretarias estaduais de saúde priorizem cidades com câmaras refrigeradas. Isso porque a vacina da Pfizer/BioNTech demanda temperaturas especiais de armazenamento.

Afinal em condições normais, ela deve estar num ambiente de -90º à -60º. A Anvisa também permitiu uma flexibilização desse patamar, autorizando de – 25º à -15º. Contudo, essa condição só pode ocorrer por até 14 dias.

Segundo especialistas, uma vez retiradas dos refrigeradores e colocadas na rede de frio, cuja conservação é de temperaturas de 2 graus Celsius a 8 graus Celsius. Dessa forma as equipes de saúde cinco dias para fazer a aplicação sem risco de prejudicar a eficácia do imunizante.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT