Planejando com acessibilidade: Preparando o melhor guia de viagens para pessoas com deficiência visual

Muito além de qualquer deficiência visual, a capacidade de perceber o mundo por outros meios é o principal motivo para viver novas experiências rotineiramente.

Fazer uma viagem planejada ainda é uma tarefa bastante difícil para pessoas com deficiência visual nos tempos de hoje, com diversos desafios a serem enfrentados e muitas barreiras para percorrerem até o seu destino. Um dos principais deles é lidar com trajetos pouco acessíveis e locais com baixa estrutura de recepção para esse público.  

Entretanto, muito além de qualquer deficiência visual, a capacidade de perceber o mundo por outros meios é o principal motivo para viver novas experiências rotineiramente, viajar com acessibilidade certamente é uma delas.

Seja através do uso da tecnologia ou de outros meios, planejar o melhor guia, de forma totalmente interativa e descomplicada é possível, já que o turismo acessível é uma prática cada vez mais implantada em hotéis, transportes e locais turísticos famosos. Mas como o início da viagem sempre começa no planejamento, fazê-lo sem limitações é indispensável! Saiba como com as nossas 5 dicas essenciais!

5 dicas para planejar o turismo acessível, saiba organizar a sua viagem!

Fazer turismo em locais sem nenhum tipo de acessibilidade é uma das maiores dificuldades de deficientes visuais que buscam novas experiências, tendo que lidar com ambientes sem nenhuma estrutura adequada ou qualquer tipo de suporte durante a estadia. Neste quesito, procurar por hotéis adequados é a recomendação inicial do nosso guia. Quanto antes começar o seu planejamento melhor será a sua vivência! 

  1. Encontre estadias com selos de acessibilidade!

 

Para garantir a melhor estadia no seu destino, você poderá buscar por requisitos que a tornam mais acessível e atrativa para a sua viagem, observando a estrutura disponível nos quartos, áreas comuns e principalmente na recepção do hotel ou pousada. Se preocupar em possibilitar um ambiente socialmente é indispensável para que você alcance os seus objetivos!

A forma mais segura de fazer isso é buscar por sites ou aplicativos que possibilitam uma busca completa, selecionando os melhores estabelecimentos de acordo com as suas necessidades. Ter um selo de acessibilidade para deficientes visuais é a melhor garantia para a sua viagem!

  1. Monte um guia personalizado

 

Além das estadias, muitos pontos turísticos já contam com acessibilidade para visitantes com deficiência visual, com guias impressos em braille, audiodescrição e toda a estrutura necessária para proporcionar um ótimo passeio.

Se você quer conhecer os principais pontos de visitação do seu destino, o ideal é buscar por essas informações durante o planejamento, em sites interativos com acessibilidade, podendo inclusive fazer reservas de algumas atrações com antecedência. Isso já é possível em vários destinos nacionais e internacionais, como em Foz do Iguaçu, no Paraná, e Bonito, no Mato Grosso do Sul.

  1. O trajeto importa!

 

Para quem possui deficiência física ou visual, se locomover por lugares inadequados é outro grande desafio diário, que acaba sendo frequente durante as viagens. Caminhar em áreas ruins no aeroporto, tirar dúvidas ou encontrar locais que já possuem acessibilidade podem ser dificuldades a mais para quem não se preocupa com o trajeto, que importa tanto quanto o seu destino. A nossa dica é que você decida antecipadamente sobre o melhor meio de transporte e o que o caminho oferece para tornar a sua viagem mais prática! Especialmente se você possui Cão-guia.

  1. Utilize a tecnologia ao seu favor.

 

A tecnologia tem sido uma das principais ferramentas de pessoas com deficiência em todo o mundo, possibilitando mais autonomia e segurança no dia a dia. Muitas aplicações disponíveis no mercado possibilitam a indicação de caminhos, funcionando como guia, informando objetos que podem ser perceptíveis na câmera do smartphone, ou mesmo tirando dúvidas com pessoas sem cegueira. Uma boa recomendação é o Be My Eyes, disponível para celulares Android e IOS, que pode ser um ótimo companheiro de viagem!

  1. Aproveite cada momento!

 

Viajar é aproveitar novos momentos, conhecer lugares diferentes e aprender a ver o mundo com outros olhos, perceber o seu entorno por outros sentidos vai ser uma experiência única e bastante proveitosa. Cada viagem é um aprendizado para a vida e a acessibilidade deve fazer parte dela, por tanto, planeje, curta o trajeto e crie o hábito de viajar!

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT