PMs encontram criança perdida a 3 km do padrasto em praia de SP e vídeo viraliza

Reencontro do menino com o padrasto foi registrado pela equipe em Praia Grande. João tem 5 anos e é morador da cidade.

Uma criança de 5 anos que ficou cerca de duas horas perdida em Praia Grande, no litoral de São Paulo, foi encontrada a 3 km de distância do padrasto por policiais militares. O reencontro do menino com o responsável na praia foi registrado pela equipe, e o vídeo (assista acima) emocionou a web nesta quarta-feira (6), sendo compartilhado centenas de vezes nas redes sociais. Assista abaixo:

De acordo com cabo Marcos Amadeu Nunes, de 50 anos, ele foi abordado pelos pais da criança no bairro Caiçara, na última terça-feira (5). A mãe e o padrasto do pequeno João Pedro Cardoso da Silva disseram que o menino havia desaparecido. Mobilizando também banhistas, eles mostraram fotos e passaram a descrição do menino.

clique na imagem e saiba mais

“Começamos a fazer uma busca pela faixa de areia, e em pouco mais de uma hora encontramos ele na praia do bairro Ocian, a quase 3 km de distância”, conta o cabo da PM. Ele relata que o menino não havia percebido que estava longe dos pais, e que estava tranquilo.

Nunes afirma que já atendeu a outras ocorrências similares, mas não com tanto tempo de desaparecimento. “É um tempo que ficamos até preocupados, que ele pudesse ter ido para o mar. Com toda certeza, é um tempo muito grande de desaparecimento, mas a gente teve esse papel e conseguimos encontrá-lo”, diz o cabo.

Junto com Nunes, estava o soldado Henrique e a soldado Jéssica de Souza Fermino, de 29 anos. A profissional conta que se emocionou muito com a ocorrência. “Ainda não sou mãe, mas, naquele momento, senti o que ela estava sentindo. Falei para o meu parceiro que só iria parar quando encontrasse essa criança”, descreve.

Jéssica reconheceu o menino após ver uma foto que a mãe tinha tirado, e o levou junto com os dois companheiros de equipe. “Foi uma coisa que realmente me marcou”, diz a soldado.

Segundo Nathally Cristina Lima da Silva, mãe de João Pedro, foi um momento de muito nervosismo e emoção. “Eu fiquei desesperada, nunca pensei em sentir isso”, descreve. Moradora de Praia Grande, ela conta que havia chegado a pouco tempo na praia, e que o filho estava a caminho da tia quando se perdeu. Imediatamente, ela pediu ajuda a banhistas e foi até a Polícia Militar.

Os policiais devolveram a criança ao padrasto, já que Nathally está grávida e começou a passar mal com o susto. Ela diz que recebeu a ligação do marido avisando sobre o reencontro. “Me deu um alívio muito grande. Tenho que agradecer [aos policiais], porque eles se esforçaram bastante, me ajudaram, me acalmaram, foram super atenciosos. Só tenho que agradecer”, finaliza.